UBS reformula conselho de administração de negócios locais após aquisição do Credit Suisse

ZURIQUE (Reuters) - O UBS informou nesta sexta-feira que irá reformular o conselho de administração de seus negócios domésticos na Suíça após a aquisição do Credit Suisse, incluindo um novo chairman para supervisionar ambas as operações.

O banco disse que Roger von Mentlen se tornará presidente dos conselhos de administração do UBS Suíça e do Credit Suisse Suíça.

Ele substituirá Markus Ronner, que era chairman do UBS Suíça desde 2022, e Peter Derendinger, que atuou como presidente do conselho de administração do Credit Suisse (Schweiz) AG desde março de 2019.

A mudança, que entrará em vigor em 1º de novembro, criará dois conselhos de supervisão paralelos com membros idênticos, e os negócios suíços dos bancos ainda serão liderados operacionalmente pelos seus respectivos conselhos executivos.

A medida visa garantir uma “supervisão estreitamente coordenada” dos dois bancos suíços, que deverão concluir a sua fusão legal no próximo ano.

O UBS disse em agosto que planejava integrar os negócios domésticos do Credit Suisse às suas operações existentes após a aquisição emergencial de seu rival este ano.

Von Mentlen ocupou vários cargos durante seus mais de 40 anos no UBS. Ele é membro do conselho de administração do UBS Switzerland AG desde 2020.

“Gostaríamos de agradecer aos membros do conselho anteriores pelo seu grande comprometimento e parabenizar Roger von Mentlen por sua nomeação como presidente do conselho de administração", disse Sergio Ermotti, presidente-executivo do Grupo UBS.

"Roger é o candidato ideal para liderar ambos os conselhos com o objetivo de combinar com sucesso os dois bancos na Suíça."

Continua após a publicidade

(Reportagem de John Revill)

Deixe seu comentário

Só para assinantes