S&P 500 e Nasdaq atingem recordes de fechamento com investidores atentos a dados econômicos e a falas do Fed

Por Echo Wang

(Reuters) - Os índices S&P 500 e Nasdaq registraram recordes de fechamento nesta segunda-feira, com uma alta das ações de tecnologia devido ao entusiasmo com a inteligência artificial (IA), com investidores aguardando novos dados econômicos e comentários de autoridades do Federal Reserve para obter mais clareza sobre a política monetária.

As megacaps Apple e Microsoft subiram após perdas no início da sessão e fecharam em alta de 1,97% e 1,31%, respectivamente.

O índice Philadelphia de semicondutores atingiu um recorde, mesmo com a líder em chips de IA Nvidia recuando frente a um recorde e perdendo 0,66%.

Os setores de consumo discricionário e de tecnologia foram os que mais ganharam entre os 11 índices setoriais do S&P 500, enquanto os de serviços públicos e imobiliário lideraram as quedas.

"Há esperança de que os juros mais baixos possam entrar em ação no futuro, reduzindo os custos de moradia e ajudando os consumidores", disse J. Bryant Evans, consultor de investimentos e gerente de portfólio da Cozad Asset Management.

O índice de tecnologia Nasdaq e o S&P 500 atingiram vários picos na semana anterior.

O Fed poderá cortar sua taxa de juros de referência uma vez este ano, disse o presidente do Fed da Filadélfia, Patrick Harker, nesta segunda-feira, se sua previsão econômica se concretizar.

O cardápio econômico desta semana inclui dados de vendas no varejo de maio na terça-feira, seguidos pela produção industrial, início de construção de moradias e o PMI preliminar do S&P.

Continua após a publicidade

Os mercados ainda esperam cerca de dois cortes de 25 pontos-base este ano, segundo dados da LSEG. A ferramenta FedWatch da CME mostra que a flexibilização ainda é vista a partir da reunião de setembro.

O Dow Jones subiu 0,49%, para 38.778,10 pontos. O S&P 500 subiu 0,77%, para 5.473,23 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,95%, para 17.857,02 pontos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes