Juros futuros recuam, com o mercado reduzindo os prêmios apostando que


Os juros futuros recuaram nesta segunda-feira na BM&F, diante da expectativa de que o Banco Central não deve elevar a taxa básica Selic, principalmente em um cenário em que os bancos centrais dos mercados desenvolvidos têm mantido os estímulos monetários.

O DI para janeiro de 2017 caiu de 14,52% para 14,395% no fechamento do pregão regular, enquanto o DI para janeiro de 2018 recuou de 15,22% para 14,91%. Já o DI para janeiro de 2021 caiu de 15,94% para 15,86%.

Investidores reduzem os prêmios na curva de juros vendo o risco de o BC iniciar um ciclo de afrouxamento monetário ainda neste ano para impulsionar a retomada do crescimento, após ter decidido manter a taxa básica de juros estável na última reunião. Essa cenário ganha força diante de notícias de pressão política mais forte por parte do Planalto a favor do corte de juros.

Na Pesquisa Focus divulgada hoje, a mediana das projeções aponta para estabilidade da taxa Selic neste ano em 14,25%, encerrando em 12,75% em 2017.

Já as expectativas de inflação continuam a piorar, passando de 7,23% para 7,26% no fim de 2016 e de 5,65% para 5,80% no fim de 2017.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos