Bolsas

Câmbio

Duke Energy pretende vender ativos na América Latina


(Atualizada às 11h47) A companhia de energia elétrica americana Duke Energy confirmou nesta quinta-feira que está considerando vender todo o seu segmento de negócios Energy International, que inclui ativos em toda a América Latina, ou uma parte da operação.

Subsidiária da companhia no Brasil, a Duke Energy Paranapanema, informou na manhã de hoje, em fato relevante, que sua controladora pretendia dar início a um processo que poderia resultar na venda da totalidade ou de uma parte das ações indiretamente detidas pela Duke na geradora. O comunicado foi feito após a publicação pelo serviço de notícias "SparkSpread" do interesse da Duke Energy em vender seus ativos na América Latina.

Com sede em Houston, no Texas, a Duke Energy International tem usinas na América do Sul e Central. Os estudos para a possível venda estão em estágio preliminar e não há ofertas vinculantes ou não-vinculantes em curso até o momento, segundo a empresa.

A companhia reforçou que não pode dar garantias de que o processo irá de fato resultar em alguma transação e que irá fornecer atualizações sobre o assunto durante sua teleconferência de resultados, marcada para o próximo dia 18.

As instalações da companhia na região englobam Argentina, Brasil, Chile, Equador, El Salvador, Guatemala e Peru. Ao todo, dois terços das unidades funcionam por energia hidrelétrica, sendo metade localizadas apenas no Brasil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos