Bolsas

Câmbio

Pessimismo entre supermercadistas atinge taxa recorde em São Paulo


O total de empresários do setor de supermercados pessimistas com o cenário atual e futuro da economia brasileira atingiu 72% em janeiro em São Paulo. É o menor nível de confiança em toda série histórica, iniciada em junho de 2011, de acordo com a Pesquisa de Confiança dos Supermercados do Estado de São Paulo (PCS/APAS).

O número superou o apurado em setembro de 2015, quando o indicador havia apontado o maior índice (70%). Todos os itens pesquisados (inflação, PIB, juros, emprego, vendas, entre outros) apontaram baixo ou nenhum grau de otimismo em relação à percepção atual ou à expectativa futura.

O nível de otimismo atual em relação à atividade econômica foi zero, ou seja, nenhum empresário acredita numa recuperação a curto prazo. Em relação à expectativa sobre o futuro, 68,7% se mostraram pessimistas e 4,5% apontaram otimismo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos