Dólar ronda patamar de R$ 3,57, de olho em BC e cena política

O dólar comercial registrou volatilidade na primeira hora de negócios. Às 10h02, a moeda americana estava a R$ 3,5695, alta de 0,23%.

O mercado de câmbio, assim como o de juros, vai continuar sensível ao noticiário político, em uma segunda-feira que conta com mais intervenções do Banco Central (BC) no câmbio e com discursos de autoridades do Federal Reserve (Fed, banco central americano).

Nesta segunda, se encerra o prazo para o governo entregar a defesa da presidente Dilma Rousseff à Comissão Especial de Impeachment da Câmara dos Deputados. O relator do processo de impeachment, deputado Jovair Arantes (PTB-GO) declarou que pode apresentar seu parecer na quarta ou quinta-feira.

Hoje, os mercados acompanham mais um leilão de swap cambial reverso do BC, que também fará operação para postergar o vencimento de contratos de swap tradicional com vencimento em maio.

No plano externo, as atenções seguem voltadas para discursos de autoridades do Fed, uma semana depois de a fala da presidente do BC americano, Janet Yellen, ter esfriado expectativas de mais altas de juros neste ano. No entanto, dados na sexta-feira mostraram geração de empregos mais forte que a esperada, o que renovou apostas de aperto monetário neste ano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos