Bolsas

Câmbio

Temer diz a sindicalistas que não vai fazer nada contra trabalhadores


Em encontro com representantes das centrais sindicais, no Palácio do Jaburu, o presidente interino Michel Temer pediu diálogo, que governo e trabalhadores possam se entender "em nome do país", disse que as dificuldades que encontrou são maiores do que se possa imaginar e reiterou que não vai retirar direitos já conquistados.

Temer reuniu os sindicalistas para discutir geração de empregos e a reforma da Previdência Social. Na próxima segunda-feira, um grupo menor de sindicalistas participará da reunião com o chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, no Palácio do Planalto.

"Não vamos fazer nada contra os trabalhadores", disse Temer, na manifestação aos sindicalistas, que foi divulgada pela assessoria de imprensa. "Temos que fazer mudanças por meio do diálogo. Vamos nos entendendo em nome do país. Não podemos ir da cordialidade para a falta de cordialidade", afirmou o presidente interino.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos