Bolsas

Câmbio

Bolsa sobe quase 2%; Eletrobras, Oi e Gol são destaques fora do índice

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) chega ao fim desta manhã com valorização de mais de 1%, acompanhando o bom humor internacional, no dia do referendo no Reino Unido sobre a permanência ou não na União Europeia (UE). O índice da Bolsa paulista subia 1,93% perto do meio-dia, somando 51.123 pontos.

Tinham alta Gerdau Metalúrgica PN (5,45%), Gerdau PN (4,31%), CSN (4,04%), Petrobras PN (2,89%) e Petrobras ON (2,32%). Usiminas ganhava 3,27%, com a notícia de que o BNDES aprovou os termos da renegociação da dívida que bancos brasileiros e debenturistas já haviam aceitado na semana passada. Só faltava o aval interno do banco de fomento.

O noticiário está quente para empresas que estão fora do Ibovespa. As ações da Oi apresentavam volatilidade. Oi PN avançava 1,25%, mas Oi On tinha queda, de 0,78%. O Valor informa hoje que a Corte de Falências de Nova York concedeu uma liminar em favor da Oi para proteger a companhia contra execuções e penhoras de credores nos Estados Unidos.

Eletrobras ON subia 6,27% e Eletrobras PNB tinha elevação de 5,82%. O engenheiro Wilson Ferreira Jr., que preside o grupo CPFL Energia há 18 anos, foi convidado pelo ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, para assumir o comando da estatal. Coelho quer uma "solução de mercado" para a Eletrobras. A empresa terá que passar por uma profunda reestruturação, com a venda de suas distribuidoras deficitárias e da participação em sociedades de propósito específico (SPEs) montadas para construir usinas hidrelétricas.

As ações da Gol apresentavam valorização de 3,02%. Na terça-feira, a Câmara dos Deputados aprovou a Medida Provisória (MP) 714, retirando qualquer restrição para que estrangeiros possam assumir cargos de direção e o controle acionário de empresas aéreas brasileiras.

Na cena externa, de acordo com as últimas pesquisas, há recuperação dos votos pela permanência do Reino Unido no bloco europeu, mas com margem estreita. O último levantamento, realizado antes da votação, dá vantagem de 4 pontos percentuais para o lado que defende a permanência na UE.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos