Bolsas

Câmbio

Ibovespa opera em queda, com pressão de Petrobras

O Ibovespa registra volatilidade na primeira hora de negócios. Após abrir em alta, o índice da Bolsa paulista mudou de direção e, às 10h50, cedia 0,36%, para 57.845 pontos. O sinal positivo se manteve pela primeira meia hora, mas a abertura de Nova York mudou o tom.

As ações da Petrobras eram negociadas em baixa, afetada pela queda do petróleo. O papel PN recuava 2,31% e a ON cedia 2,31%. Vale PNA declinava 1,38%, Gerdau Metalúrgica PN perdia 1,13%, Vale ON cedia 1,09%, CSN diminuía 1,27% e Gerdau recuava 1,04%. Hoje, o minério de ferro caiu 0,2% em Qingdao, para US$ 56,63 a tonelada.

A exportadora Embraer também estava entre os destaques negativos, com perda de 1,80%.

O desempenho de Hillary Clinton no primeiro debate eleitoral para a Presidência dos Estados Unidos agradou investidores e teve impactos positivos nos mercados. Mas o fraco desempenho das ações do setor de energia, em razão da queda do petróleo, e a preocupação com os bancos europeus fazem com que o dia seja fraco para os ativos de risco, dizem operadores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos