PT decide manter-se neutro em Fortaleza e libera filiados no 2º turno

O Diretório Municipal do PT em Fortaleza decidiu não definir apoio a nenhum dos candidatos que disputarão, em segundo turno, a prefeitura da capital cearense, no próximo dia 30: Roberto Cláudio, que tenta a reeleição pelo PDT, e o deputado estadual Wagner Sousa Gomes (PR), o Capitão Wagner. A decisão do diretório municipal foi tomada em reunião no começo da noite desta sexta-feira (7). As informações são da Agência Brasil.

"O PT, primeiro, agradece muito os quase 200 mil votos que a nossa candidata [ex-prefeita Luizianne Lins] tirou nas eleições municipais. Luizianne também agradece ao povo de Fortaleza. O diretório definiu liberar seus filiados e suas lideranças para votar segundo suas consciências e segundo o programa e os valores que o PT defende e defendeu em toda sua história", disse o presidente municipal do partido, Elmano de Freitas.

Na quarta-feira (5), durante reunião em Brasília, a Comissão Executiva Nacional do PT orientou a militância a apoiar as candidaturas do Psol, do PCdoB, da Rede e do PDT nas capitais. Os dirigentes do partido em Fortaleza afirmam, porém, que os diretórios municipais têm autonomia para definir suas posições.

Elmano de Freitas foi candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por Luizianne Lins. A chapa teve 193.687 votos (15% dos votos válidos) e ficou em terceiro lugar no primeiro turno.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos