IPCA-15 desacelera a 0,19% em outubro e sobe 8,27% em 12 meses

A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) desacelerou de 0,23% em setembro para 0,19% em outubro, mostrou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É a menor taxa para meses de outubro desde 2009, quando o índice foi 0,18%. No antepenúltimo mês de 2015, o IPCA-15 subiu 0,66%.

No ano até outubro, a inflação acumula alta de 6,11%, abaixo dos 8,49% registrados no mesmo período em 2015 . Em 12 meses, o índice de preços registrou aumento de 8,27%, inferior aos 8,78% dos 12 meses imediatamente anteriores. Mesmo com a desaceleração, a taxa está bem acima do teto do intervalo da meta perseguida pelo Banco Central (BC), de 6,5%.

O IPCA-15 de outubro ficou abaixo da estimativa média de 0,21% apurada pelo Valor Data, de 0,21%, e dentro do intervalo das projeções, de 0,18% até 0,28%. Para o acumulado em 12 meses, os analistas esperavam alta de 8,3%.

O indicador é uma prévia do IPCA, que baliza o sistema de metas de inflação. O que muda entre os dois índices é o período de coleta de preços e a abrangência geográfica.

Das nove classes de despesas avaliadas, alimentação e bebidas aprofundaram a deflação na passagem de setembro para outubro (de -0,01% para -0,25%). "Entre os alimentos que mais pesam na despesa das famílias, a principal contribuição para baixo foi a do leite longa vida (-0,11 p.p.), que ficou 8,49% mais barato", deatacou o IBGE.

Além de alimentos, houve taxa menor em artigos de residência (de 0,25% para -0,31%), vestuário (de 0,49% para 0,36%), despesas pessoais (de 0,60% para -0,12%), educação (de 0,25% para 0,06%) e saúde e cuidados pessoais (de 0,53% para 0,28%).

Em contrapartida, houve aceleração de preços em habitação (de 0,48% para 0,60%), transportes (de -0,10% para 0,67%) e comunicação (de -0,01% para 0,28%).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos