Bolsas

Câmbio

Acionistas da Eletrobras aprovam venda do controle da Celg D

Os acionistas da Eletrobras, reunidos em assembleia geral extraordinária (AGE) nesta segunda-feira, aprovaram por maioria a venda da participação de 51% detida pela estatal na distribuidora goiana Celg Distribuição (Celg D). A decisão teve voto favorável de 99,992% dos acionistas presentes, com 0,005% de votos contrários e 0,003% abstenções.

A reunião foi necessária devido à mudança no preço mínimo proposto para o negócio, após a primeira tentativa de leiloar a distribuidora goiana ter fracassado frente à falta de interessados. O novo preço mínimo proposto para a integralidade da Celg D é de R$ 1,792 bilhão, montante cerca de R$ 1 bilhão menor que o sugerido na primeira tentativa de privatizar a empresa, em agosto.

Na semana passada, acionistas da Celgpar, braço do governo de Goiás na Celg D, aprovaram a venda da participação de 49% da companhia na distribuidora.

Com a aprovação pelos acionistas da Eletrobras nesta segunda-feira, o próximo passo do processo de privatização da Celg D será o lançamento do edital do leilão. A expectativa do governo é divulgar o documento ainda em outubro, para realizar a licitação em novembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos