Dólar opera perto da estabilidade, com eleição nos EUA no foco

O dólar comercial operava perto da estabilidade, depois de recuar no dia anterior, na esteira do otimismo global com a possibilidade de vitória de Hillary Clinton nas eleições americanas.

O resultado da eleição nos Estados Unidos é esperado por volta das 2h da quarta-feira (horário de Brasília), com as pesquisas de boca de urna apontando um vencedor por volta das 22 horas desta terça-feira.

Analistas dizem que uma eventual vitória de Hillary tende a manter o "status quo" da economia americana, sem rupturas, o que mantém aberto o caminho para alta de juros nos EUA.

Às 9h58, o dólar comercial registrava leve baixa, a R$ 3,2031. Ontem, a cotação recuou 0,83%, maior queda em duas semanas.

O dólar para dezembro tinha alta de 0,08%, a R$ 3,2265.

Na renda fixa, o DI janeiro de 2018 tinha taxa de 12,140% ao ano, ante 12,160% no ajuste anterior. O DI janeiro de 2019 ia a 11,450%, contra 11,440% no último ajuste. E o DI janeiro de 2021 apontava 11,270%, estável.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos