Bolsas

Câmbio

Cresce a parcela dos que querem usar o 13º para consumir no Natal

Cresceu a fatia de consumidores que pretende usar o 13º salário para comprar presentes de Natal. Pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em todas as capitais mostra que 52,9% dos consumidores utilizarão ao menos parte do valor para fazer as compras de fim de ano. No ano passado, essa intenção foi expressa por 43% dos participantes do levantamento.

Entre os que não vão gastar a renda extra com presentes, 26,6% vão poupar ou investir, contra 31% no ano passado. Outros 26,4% vão quitar dívidas, ante 24% em 2015.

A pesquisa do SPC Brasil também mostra que 41% dos entrevistados pretendem fazer bicos ou outras atividades para a geração de renda extra com o objetivo de comprar mais presentes ou presentes melhores, principalmente os mais jovens (50,1%), as mulheres (47,9%) e as pessoas das classes C, D e E (44,8%). No ano passado, 38% disseram que pretendiam fazer trabalho extra.

"Tradicionalmente, este é um período de maior circulação de dinheiro no comércio, ajudando a movimentar as vendas de produtos e serviços em diversos setores", avalia o educador financeiro do SPC Brasil, José Vignoli.

"Além do 13º, com a chegada das festas de fim de ano, muitos consumidores costumam recorrer aos trabalhos informais, ou 'bicos', para comprar presentes melhores ou em maior quantidade".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos