Bolsas

Câmbio

Ibovespa recupera parte das perdas com alta de bancos e Petrobras

Em uma sessão marcada pela volatilidade, o Ibovespa fechou em alta de 1,85% aos 60.759 pontos. O índice, que chegou a cair 0,50%, subiu e recuperou parte das perdas acumuladas nos últimos dias. O giro financeiro ficou em R$ 8,1 bilhões. Ontem, quando o mercado brasileiro não funcionou devido ao feriado de Proclamação da República, as ADRs (recibos de ações de empresas brasileiras negociadas na bolsa de Nova York) fecharam em alta. Hoje, os papéis correspondentes aos ADRs subiram no pregão brasileiro.

As ações com as maiores altas foram as dos bancos e da Petrobras. Como os dois setores têm grande participação na composição do Ibovespa, o índice subiu. As ações ordinárias do Banco do Brasil subiram 6,47%, os papéis preferenciais da Petrobras ganharam 5,29%, as ações unit do Santander subiram 5,38%, os papéis do Itaú Unibanco ganharam 4,94%. Os papéis ordinários da Petrobras tiveram alta de 4,18%, as ações preferenciais do Bradesco subiram 1,50% e os papéis preferenciais ganharam 2,05%.

De acordo com o economista Ignacio Crespo, da Guide Investimentos, apesar da alta do Ibovespa, o cenário ainda é de indefinição no curto prazo com o governo do presidente eleito nos Estados Unidos, Donald Trump, e os mercados financeiros podem continuar com volatilidade. "O Ibovespa continua longe dos índices pré-Trump, quando marcava cerca de 65 mil pontos", diz.

Ainda sobre a Petrobras, a estatal conseguiu avançar nas negociações com investidores individuais que reclamam dos prejuízos com ações da companhia. A petroleira deverá fechar novos acordos até o final do ano, representando cerca de 70% do volume reclamado por acionistas que alegam terem sido prejudicados por fraudes reveladas na Operação Lava-Jato.

Também contribui para a alta da bolsa o fato de a cotação do dólar estar em queda, chegando a registrar o menor valor em mais de uma semana. O Banco Central (BC) reforçou o lote de swaps cambiais tradicionais em leilão de rolagem e tornou a fazer oferta líquida desses papéis. As atuações do BC visam reequilibrar a dinâmica de formação e preço no mercado. "As taxas de juros futuros também recuaram o que traz alívio para a bolsa", diz um operador. O dólar comercial fechou com baixa de 0,65% cotado a R$ 3,4209 e os contratos de juros futuros com vencimento em 2018 caíram 0,72% para 12,41% ao ano.

As ações da JBS subiram 2,80% depois que a empresa anunciou que teve lucro líquido de R$ 887,1 milhões no terceiro trimestre, queda de 74,2% em relação ao mesmo período do ano passado. A receita caiu 4,3% para R$ 41,1 bilhões, na mesma base de comparação. Em nota, o Credit Suisse, informou que a empresa divulgou fracos números operacionais, mas que já eram esperados pelo mercado. O Credit Suisse diz esperar uma melhora operacional da empresa nos próximos trimestres, principalmente nas margens da JBS Beef USA e menores custos de grãos em dólares na Pilgrims.

Entre as maiores quedas do dia ficaram os papéis ordinários da Vale, com baixa de 4,95%, seguidas pelas ações ordinárias da CSN, com queda de 4,20%, os papéis da Gerdau, com baixa de 5,62%, as ações PNA da Usiminas, com queda de 6,16%, as ações preferenciais da Bradespar, com baixa de 5,59%, e as ações da PNA da Vale, com queda de 7,36%. O preço das ações das empresas de siderurgia e mineração se ajustam à queda de 8% do minério de ferro no porto de Qingdao, ontem.

A MSCI, provedora de índices de ações que servem de referência para fundos de investimento no mundo todo, anunciou na segunda-feira à noite a revisão semestral de índices. O Brasil ganhou um representante no índice MSCI Emergentes e perdeu outros três. A ação que entra é Eletrobras ON. Saem Totvs ON, Cesp PNB e Taesa Unit. Em relatório, o Credit Suisse estima uma retirada de US$ 23 milhões em ações brasileiras em função da mudança.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos