Bolsas

Câmbio

Cena política volta a preocupar, mas Bovespa fecha em leve alta

Em uma semana movimentada pelo feriado de Ação de Graças, nos Estados Unidos, e pela saída do ex-ministro da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima do governo, hoje, o Ibovespa encerrou a semana com alta acumulada de 2,66% aos 61.559 pontos. Hoje, em meio às incertezas políticas, o índice fechou com leve alta de 0,27%.

A saída de Geddel foi bem avaliada por investidores, que previam que a permanência do ministro no cargo poderia trazer instabilidade ao governo de Michel Temer. Mas as dúvidas agora ficam sobre a possível gravação que teria sido feita pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero. A suposta gravação poderia revelar uma conversa entre Calero e Temer em que o presidente pediria a Calero para interceder pela liberação do edifício no qual Geddel possuiu um apartamento.

Mais cedo, Calero divulgou uma nota em que nega ter pedido uma audiência com Temer para gravar a suposta conversa. "O problema é que ele negou que pediu a audiência, mas não negou que teria gravado a conversa em outra oportunidade", diz um operador. O receio de que a gravação exista e que possa ser divulgada durante o final de semana fez com que os investidores reduzissem as negociações na bolsa de valores. O volume financeiro ficou em R$ 4,9 bilhões, bem abaixo da média do mês, que é de R$ 8,5 bilhões.

A queda do Ibovespa só não foi mais intensa porque os índices acionários da bolsa americana, que funcionaram em operário reduzido, subiram e atingiram novos patamares recordes. O Nasdaq ganhou 0,34% aos 5.398 pontos, o S&P 500 teve alta de 0,39% aos 2.213 pontos e o Dow Jones subiu 0,36% aos 19.152 pontos. Os três índices marcaram novos recordes históricos.

Entre as ações mais negociadas no Ibovespa, os destaques de alta ficaram com os papéis da Vale. As ações ordinárias subiram 4,75%, os papéis PNA tiveram alta de 4,53% e as ações preferenciais da Bradespar registraram valorização de 3,70%. As ações das empresas de siderurgia e mineração subiram, acompanhando a alta no preço do minério de ferro. A tonelada do produto subiu 1,3% para US$ 75,87, no porto de Qingdao, na China.

As ações da Petrobras fecharam com comportamentos distintos. Os papéis preferenciais caíram 1,80% e as ações ordinárias tiveram leve alta de 0,11%. O comportamento das ações segue a baixa do preço do petróleo no mercado internacional. Os preços caíram depois que a Arábia Saudita informou que não participará de uma reunião marcada para segunda-feira com países de fora da Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo), em Viena. A reunião serviria para discutir a contribuição destes países para o corte de produção que o cartel tenta implementar.

As maiores quedas do dia ficaram com as ações ordinárias da Smiles, que tiveram baixa de 2,72%, e com as ações ordinárias da Kroton, que caíram 2,70%. Os papéis preferenciais do Pão de Açúcar recuaram 2,15%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos