Mercado reduz previsão de crescimento em 2017, de 0,98% para 0,80%

Os participantes do mercado financeiro reduziram pela sétima semana consecutiva a expectativa para o crescimento da economia brasileira no próximo ano. A mediana das estimativas para o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) saiu de crescimento de 0,98% para expansão de 0,80%, segundo o relatório Focus, do Banco Central (BC).

Essa revisão ocorre após a divulgação do PIB do terceiro trimestre de 2016, que caiu 0,8% ante os três meses anteriores. Foi o sétimo trimestre consecutivo de queda. Para este ano completo, os analistas consultados pelo Focus esperam contração de 3,43%, em lugar de queda de 3,49%.

No mesmo dia da divulgação do desempenho da economia, o Comitê de Política Monetária (Copom) cortou a taxa básica em 0,25 ponto percentual. Assim, a Selic termina 2016 em 13,75%, como estava previsto no Focus. Para 2017, o mercado reduziu a aposta e agora espera que o juro feche o calendário em 10,50%, em vez dos 10,75% previstos anteriormente.

Para a inflação, algumas projeções contidas no Focus melhoraram. A expectativa para o avanço do IPCA em 12 meses ficou em 4,89%. Já a previsão para a alta do índice de preços em 2016 saiu de 6,72% para 6,69% e a de 2017 seguiu em 4,93%.

Entre os analistas Top 5 de médio prazo, a mediana para a inflação medida pelo IPCA deste ano foi de 6,68% para 6,60% e a de 2017 recuou de 4,80% para 4,76%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos