Bolsas

Câmbio

Temer diz que educação é tão urgente quanto recuperação econômica

O presidente Michel Temer realizou ato nesta terça-feira no Planalto para destinar recursos para a educação. No evento, Temer fez nova defesa das mudanças para o Ensino Médio propostas pelo governo por meio de uma medida provisória, já aprovada na Câmara e encaminhada ao Senado. Ele afirmou que a educação tem sido uma prioridade do governo.

"Trabalhamos para melhorar educação com mesmo sentido de urgência que adotamos para recuperar a economia", disse Temer em seu discurso.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) manifestou-se contrariamente à constitucionalidade da iniciativa proposta pelo governo para o Ensino Médio na noite de segunda-feira.

O presidente voltou a defender a iniciativa do governo, inclusive para incentivar o ensino em tempo integral, e afirmou que "valeu a pena" ter proposto a reforma do Ensino Médio por meio de medida provisória, após, segundo disse, 20 anos de debate sobre o assunto, sem que o Congresso Nacional se posicionasse concretamente sobre as mudanças.

Temer também reafirmou o compromisso do governo com a organização das contas públicas, fazendo nova menção à proposta de limitar o crescimento do gasto público no país, e afirmou a garantia de mais recursos para a área social pelos próximos anos. "Estamos organizando as contas públicas", disse. "É com equilíbrio financeiro do Estado que sairemos da recessão e voltaremos a crescer", completou.

Ao citar momentos difíceis pelos quais o país passa, o presidente mencionou o "infindável" número de desempregados e "dificuldades políticas", mas procurou demonstrar confiança na condução do governo, com ênfase na interlocução com o Congresso. "Dificuldade nos mobilizam, nos vitalizam, nos dão força para continuar", destacou.

Nesta terça-feira o governo anunciou criação de dois programas voltados ao Ensino Médio da rede pública, o "Mediotec" e o Programa de Fomento à Escola em Tempo Integral, que vão receber um total de R$ 850 milhões em repasses aos Estados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos