Bolsas

Câmbio

Braskem vai pagar US$ 957 milhões por acordos de leniência

A Braskem concluiu acordos formais de leniência com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DoJ), com a comissão de valores mobiliários americana (SEC) e com a Procuradoria Geral da Suíça.

No total, contando também as autoridades brasileiras, a Braskem vai desembolsar US$ 957 milhões, ou R$ 3,1 bilhões, sendo que cerca de R$ 1,6 bilhão será pago à vista.

O DoJ vai receber US$ 95 milhões (R$ 320 milhões) e a SEC vai receber US$ 65 milhões (R$ 218 milhões). A Procuradoria Geral da Suíça receberá 95 milhões de francos suíços (US$ 92,2 milhões ou R$ 310 milhões). A fatia de R$ 736 milhões será paga à vista ao Ministério Público Federal (MPF).

O saldo restante, de R$ 1,5 bilhão, será pago em seis parcelas anuais ao MPF, reajustadas pela variação do IPCA. Segundo a Braskem, esses valores serão posteriormente destinados ao pagamento de indenizações a terceiros.

A Braskem disse ainda que, nos termos do acordo global, seguirá cooperando com as autoridades competentes e aprimorando suas práticas de governança e conformidade.

A petroquímica se submeterá a monitoramento externo por um período estimado de três anos.

Logo após o anúncio, as ações preferenciais classe A (PNA) e ordinárias da Braskem entraram em leilão na BM&FBovespa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos