Bolsas

Câmbio

Dólar e juros têm leve alta, com volume melhor

O dólar e os juros futuros operam com ligeira alta nesta terça-feira, com volume de negócios melhor, embora ainda fraco. O noticiário doméstico segue escasso, enquanto no exterior a volta das operações nos Estados Unidos, depois do feriado de ontem, tende a trazer mais giro de estrangeiros.

Na véspera, apenas 244.200 contratos de DI futuro de 1 dia foram negociados na BM&F, apenas 15% da média do mês. No dólar futuro, 52.635 ativos trocaram de mãos, 18% da média do mês de dezembro.

Hoje, às 10h19, 34.405 contratos de dólar futuro já haviam sido negociados, 65% do equivalente ao volume de toda a sessão de ontem. No DI, 72.780 ativos já foram transacionados, 30% do giro da véspera.

A expectativa, segundo operadores, é que os volumes sigam baixos nesta semana, conforme o noticiário fica escasso e agentes de mercado já realizaram a maior parte dos ajustes nas carteiras típicos de fim de ano.

O dólar comercial subia 0,29% às 10h43, a R$ 3,2845, enquanto a taxa do contrato futuro para janeiro se valorizava 0,26%, a R$ 3,2925.

Nos juros, o DI janeiro de 2021 ia a 11,420% ao ano, contra 11,380% no último ajuste. O DI janeiro de 2019 apontava 11,100%, frente a 11,080% no ajuste da véspera. E o DI janeiro de 2018 indicava 11,590%, em relação a 11,570% no ajuste anterior.

Hoje, profissionais monitoram dados do setor público consolidado brasileiro referentes a novembro e, nos EUA, números de confiança do consumidor, atividade industrial e de preços de residências.

O juro do Treasury de dez anos sobe a 2,550%, ante 2,5373% do fechamento anterior. E o dólar tinha queda de 0,16% frente a um grupo de divisas emergentes, excluindo o real.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos