Bolsas

Câmbio

Demanda da Latam recua em dezembro no Brasil

O grupo Latam, fruto da união entre a chilena LAN e a brasileira TAM, registrou aumento de tráfego de 1,9% em dezembro, em comparação a um ano antes. A capacidade subiu 0,6% e a taxa de ocupação subiu 1,1 ponto percentual, para 83,6%.

Considerada a operação brasileira, houve queda de 7,5% na demanda, redução de 9,5% da capacidade e taxa de ocupação de 83,7%, alta de 1,8 ponto percentual.
2016
O grupo registrou redução de 11,5% na oferta apurada em assentos-quilômetros disponíveis (ASK, na sigla em inglês) no mercado brasileiro em 2016. A queda supera a estimativa preliminar da companhia de baixa de 6% a 9%.

No mercado chileno, onde a Latam estimava um aumento de 6% a 8%, a oferta encerrou 2016 no topo do intervalo previsto.

A oferta total da companhia subiu 0,6% no ano passado, dentro da projeção de estabilidade a um avanço de 3%.

No acumulado de 2016, a demanda medida em passageiros-quilômetros transportados (RPK, na sigla em inglês) encolheu 10,7% no Brasil. A taxa de ocupação no país subiu 0,8 ponto percentual, para 82,3%.

No grupo todo, a demanda cresceu 1,9% em 2016, acompanhada de um avanço de 0,6% da oferta de assentos. A taxa de ocupação subiu 1,1 ponto percentual, alcançando 84,2%.

A procura pelo transporte de carga caiu 8,7% no ano passado, enquanto a capacidade encolheu 5,3%. A taxa de ocupação ficou em 51,7%, baixa de 1,9 ponto percentual.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos