Bolsas

Câmbio

Copel adia entrada em operação da hidrelétrica Colíder

A Companhia Paranaense de Energia (Copel) informou nesta quarta-feira que a previsão de entrada em operação comercial da usina hidrelétrica Colíder foi revisada. A primeira unidade geradora está prevista para dezembro de 2017, enquanto que a terceira e última unidade está prevista para abril de 2018, ante previsão anterior de entrada em operação no segundo semestre de 2017.

Conforme a companhia, a alteração do cronograma é resultado de dificuldades relacionadas ao licenciamento ambiental, além de atraso de fornecedores no cumprimento do cronograma de entrega de equipamentos, dos serviços de montagem eletromecânica e da construção da linha de transmissão associada à usina.

Com investimento de R$ 2,2 bilhões, o empreendimento localizado no Rio Teles Pires, na região norte do Mato Grosso, terá potência instalada de 300 megawatts (MW) e garantia física de 177,9 MW, dos quais 125 MW médios foram comercializados em contratos no ambiente regulado à tarifa final de R$ 103,40 por MWh, na data base de 1º de julho de 2010, atualizada pela variação do IPCA para R$ 158,25 até novembro de 2016.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Assine e receba em seu e-mail em dois boletins diários, as principais notícias do dia

UOL Cursos Online

Todos os cursos