Fundos de pensão acumulam retorno de 13,1% em 2016 até setembro

Os ativos das entidades fechadas de previdência complementar atingiram R$ 787 bilhões ao fim de setembro de 2016, informou nesta quarta-feira a Abrapp, associação que representa o setor. A rentabilidade acumulada dos fundos de pensão no período foi de 13,11% ante 11,38% da taxa de juros padrão.

Entre os planos, o de contribuição definida (CD) teve a maior rentabilidade no ano até setembro, de 13,24%, ante 13,17% da modalidade de benefício definido (BD) e 12,93% da categoria de contribuição variável (CV).

Segundo a Abrapp, os fundos de pensão passaram a representar 13,1% do Produto Interno Bruto (PIB). No encerramento de 2015, essa fatia era de 12,2%.

O resultado negativo dos planos que geraram déficit foi de R$ 78,8 bilhões em 2016 até setembro. Em 2015 como um todo, a perda foi de R$ 76,7 bilhões. Considerando apenas os que tiveram superávit, o resultado positivo foi de 19,3 bilhões entre janeiro e setembro do ano passado, frente a R$ 13,9 bilhões em 2015 como um todo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos