Anac: Demanda por transporte aéreo de passageiros cai 1,8% em janeiro

A demanda pelo transporte aéreo brasileiro medida em passageiros-quilômetros pagos transportados (RPK, na sigla em inglês) registrou recuo de 1,8% em janeiro de 2017, comparada com o mesmo mês de 2016, no 18º mês consecutivo de queda no indicador, informou nesta segunda-feira a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).


No primeiro mês deste ano, foram transportados 8,5 milhões de passageiros pagos em voos domésticos, representando uma redução de 4,1% em relação a igual período do ano anterior.


A oferta apurada em assentos-quilômetros ofertados (ASK) registrou redução de 3,2% na mesma comparação, estando há 17 meses consecutivos em queda.


Participação


Com 38,6% de participação, a Gol consolidou a posição de liderança no país em demanda, ante 38,3% em igual período de 2016. A Latam ficou em 31,1%, ante 34,1% antes.A Azul registrou parcela um pouco superior a 18% (17% em janeiro de 2016) e a Avianca subiu de 9,7% a 11,8%.


A taxa de aproveitamento dos assentos no mercado doméstico em janeiro de 2017 foi da ordem de 84,2%, o que representou alta de 1,4 ponto percentual frente ao mesmo mês do ano anterior.


No primeiro mês de 2017 foram transportadas 28.146 toneladas de cargas pagas e correios, o que representou uma diminuição de 7,1% em relação ao mesmo mês do ano anterior.


No mercado internacional, a demanda das empresas brasileiras apresentou aumento de 4,8% enquanto a oferta cresceu 1,9%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos