CCR vê lucro cair 31% no quatro trimestre, para R$ 169,5 milhões

O lucro líquido da CCR no quarto trimestre recuou 30,8%, para R$ 169,5 milhões, impactado pela queda de 3,2% na chamada receita líquida pró-forma, que inclui dados proporcionais das controladas em conjunto, que fechou o trimestre em R$ 1,9 bilhão. A receita líquida com base no padrão contábil IFRS, usado no Brasil, ficou estável em R$ 1,7 bilhão na mesma base.


O lucro antes de juros, impostos depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado somou R$ 988 milhões no período, leve alta de 0,4%.


Em todo o ano de 2016, o lucro líquido da CCR,omaior grupo de concessões de infraestrutura de transportes do país -subiu 96% sobre o exercício anterior, para R$ 1,7 bilhão. O valor leva em conta a venda da participação de 34% da CCR na empresa STP (que opera o serviço de pagamento de pedágios Sem Parar). A alienação foi concluída em agosto de 2016.


A receita líquida somou R$ 6,7 bilhões, sem considerar receita de construção, em um aumento de 9,8%. O Ebitda ajustado, por sua vez, cresceu 46,9%, para R$ 5,37 bilhões, no ano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos