Bolsas

Câmbio

Controladora da Gerdau propõe trocar ação ordinária por preferencial

O conselho de administração da Metalúrgica Gerdau, controladora da Gerdau, aprovou na noite de ontem (7) uma permuta de ações com o banco BTG Pactual. Com o aumento de participação em papéis com direito a voto (ONs) da controlada, a Metalúrgica Gerdau estenderá a possibilidade de permuta a todos os acionistas da companhia siderúrgica.


No acordo firmado ontem, a Metalúrgica trocará 34,2 milhões de ações ordinárias da Gerdau detidas pelo BTG Pactual por 33,36 milhões de papéis preferenciais da controlada. Com a troca, a Metalúrgica passará a deter 84,4% das ações ordinárias da Gerdau.


Com o aumento da fatia detida pela Metalúrgica no capital ordinário da Gerdau, a controladora irá submeter à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), em até 30 dias, pedido de registro de oferta pública de aquisição (OPA) de ações por aumento de participação. Nesta operação, será oferecido aos detentores de ações ordinárias da Gerdau a possibilidade de troca por papéis preferenciais da companhia, detidos atualmente pela Metalúrgica, na proporção de 1 para 1.


"Considerando a média ponderada de negociações das ações preferenciais e ordinárias de emissão da Gerdau nos últimos 60 dias, bem como a média ponderada destas mesmas ações nos últimos cinco pregões, a relação de permuta consiste em um prêmio de 40% e 41%, respectivamente, aos acionistas que decidirem aderir à OPA", informou a Metalúrgica Gerdau em fato relevante entregue à CVM.


A relação de troca ainda deverá ser confirmada por laudo de avaliação, pondera a companhia.


"A Metalúrgica Gerdau acredita que a permuta realizada nesta data [com o BTG] e a permuta a ser realizada no âmbito da OPA estão em linha com os esforços que vem conduzindo nos últimos dois anos para reduzir sua alavancagem financeira, além de eliminar a exposição às incertezas de mercado com a antecipação da liquidação da obrigação junto ao BTG", diz o aviso ao mercado. "Ao mesmo tempo, acredita que a OPA, nos termos a serem propostos, é justa e adequada também aos acionistas minoritários da Gerdau, principalmente no que concerne à liquidez de seus investimentos."


Dispensa


A Metalúrgica Gerdau vai solicitar à CVM um pedido de dispensa do limite de aquisição de ações naoferta públicados papéis da Gerdau.


Segundo a Metalúrgica, o pedido tem como objetivo conferir liquidez a todos os acionistas interessados em permutar suas ações ordinárias por papéis preferenciais da Gerdau, "sem que a OPA esteja sujeita a um rateio ou a qualquer condição de aceitação por um número mínimo de ações em circulação para a sua efetivação - o que, no entendimento das companhias não seria coerente com a finalidade da OPA".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos