Bolsas

Câmbio

Jereissati assume CAE do Senado e criará comissão para spread bancário

Eleito por aclamação para presidir a Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE), o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) anunciou a criação de duas comissões: uma para análise tributária e fiscal, que buscará fazer uma análise quantitativa e qualitativa do Sistema Tributário Nacional, e outra batizada de "custo Brasil" ou de "reformas microeconômicas", que buscará reduzir a burocracia e outros pontos que atrapalham a vida das empresas e a geração de empregos, que foi colocada como "nossa grande meta e meta principal".


No âmbito dessa comissão, o senador explicou que será feito um estudo sobre a questão dos juros e, principalmente, do spread bancário. A ideia é saber porque o spread no país é tão alto e quais razões e motivos levam essa diferença entre o custo de captação e o custo do crédito para o tomador final ser tão elevada em comparação com outras economias.


Jereissati disse que vai conversar com outros senadores ao longo da semana para instalar as novas comissões já na próxima sessão da CAE, marcada para terça-feira da próxima semana.


Na tarde desta terça-feira, por volta das 15 horas, Jereissati recebe, no seu gabinete, o presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn. O BC vem capitaneando uma agenda para avaliar e promover a redução do spread bancário e inclusive hoje acontece reunião sobre o tema envolvendo diretores do BC e representantes da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).


A CAE tem grande importância dentro das medidas propostas por Ilan dentro da Agenda BC+, como a busca pela autonomia formal, a revisão na relação financeira entre BC e Tesouro e um novo modelo de resolução bancária.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos