Governo reduz em um terço dinheiro do FGTS voltado a saneamento básico

O Ministério das Cidades reduziu os recursos do orçamento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) destinados a financiar o saneamento básico no país, de acordo com instrução normativa publicada nesta segunda-feira (27) no "Diário Oficial da União" (DOU).


O orçamento do "Programa Saneamento para Todos" caiu 33%, de R$ 9 bilhões para R$ 6 bilhões.


Os recursos serão divididos entre o setor público e o privado. Para operações de crédito com mutuários do setor público, o orçamento foi reduzido de R$ 5 bilhões para R$ 3,3 bilhões. Já as operações com mutuários do setor privado terão R$ 2,7 bilhões. O total anterior era de R$ 4 bilhões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos