PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

GPA afirma que não há cronograma para a venda da Via Varejo

27/03/2017 10h31

O Grupo Pão de Açúcar esclareceu, em comunicado enviado nesta segunda-feira (27)à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que não estabeleceu um cronograma para concluir o processo de venda da controlada Via Varejo.


A companhia disse que tal informação já havia sido fornecida em 3 de março, por se tratar de uma "transação complexa e que requer extensa avaliação pela administração".


A varejista também indicou que possíveis desentendimentos com o Casino e Michael Klein, relacionados à alienação da dona de Casas Bahia e Pontofrio, têm "caráter especulativo".


Na sexta-feira (24), o Valor informou que o GPA suspendeu o processo de venda da Via Varejo, mas não cancelou a operação.


O dia 24 de março era o prazo final para a entrega pelos interessados de oferta não vinculante pela companhia, dona das redes Casas Bahia e Ponto Frio.


Controlador do GPA, o Casino solicitou aos bancos que assessoram a operação que não recebessem propostas na expectativa de que a posição da família Klein, fundadora da Casas Bahia e sócia da Via Varejo, fique mais clara ? se vai vender sua fatia ou se está na ponta compradora, diz fonte. Os Klein têm 27,3% da Via Varejo e o GPA, 43,3%.


(Colaborou Adriana Mattos)