Bolsas

Câmbio

Bolsas de NY fecham em alta após PIB dos EUA acima do esperado

O aumento do apetite ao risco nesta quinta-feira representou a face mais visível dos movimentos dos mercados globais. Porém, no pano de fundo, um conjunto de fatores tornou o dia particularmente desafiador para a renda fixa, o que afetou outros ativos. A onda de vendas que se abateu sobre os Treasuries (títulos do Tesouro americano) acabou por impulsionar o dólar e as ações.


Após ajustes o Dow Jones fechou em alta de 0,33%, a 20.728,49 pontos. O S&P 500 avançou 0,29%, a 2.368,06 pontos. O Nasdaq ganhou 0,28%, a 5.914,34 pontos, em nova máxima histórica.


A subida dos rendimentos dos papéis do governo americano e a perspectiva de uma inflação em sólida tendência de alta, por sua vez, puxaram as ações de instituições financeiras, que se beneficiam de um ambiente de juros mais elevados. O setor avançou 1,35% no S&P 500 e liderou, com sobras, os ganhos do indicador - a segunda maior alta pertenceu ao grupo das indústrias, de 0,48%. Nove dos 11 setores do S&P 500 terminaram o dia no positivo.


No Dow Jones, os ganhos foram puxados por Exxon Mobil, American Express e WalMart, que tiveram subidas de 2,02%, 1,21% e 1,19%, respectivamente.


A forte alta do petróleo, que levou a referência americana a retomar o patamar de US$ 50 o barril, a confirmação de fortalecimento da inflação medida pelo índice de preços de consumo pessoal no ano passado e uma leitura final do PIB dos EUA no quarto trimestre um pouco acima do esperado contribuíram para empurrar para cima os yields (retorno ao investidor) dos Treasuries.


Os Treasuries mudaram de direção após a divulgação de leitura final do PIB dos EUA no quarto trimestre. O crescimento da maior economia do mundo foi revisado em alta de 2,1% ao ano nos últimos três meses de 2016, frente a estimativa anterior de 1,9% para o período. A expectativa era de revisão para 2%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos