Celso de Mello arquiva pedido de inquérito contra Meirelles

O decano do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Celso de Mello, arquivou pedido de inquérito da Polícia Federal (PF) contra o atual ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, por supostamente "acobertar", na condição de presidente do Banco Central (BC), informações falsas prestadas à instituição pelo Bradesco.


Ele presidiu o BC entre 2003 e 2011, durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), mas a denúncia, feita à PF por um cidadão comum, é de junho do ano passado. Na ocasião, Meirelles já era ministro e tinha prerrogativa de foro - por isso, o pedido foi remetido ao STF.


A decisão de Celso de Mello pelo arquivamento atende ao parecer do Ministério Público Federal (MPF), segundo o qual não há elementos mínimos de autoria e materialidade que justifiquem o prosseguimento do processo. No entanto, o ministro ressaltou "a possibilidade de reabertura das investigações penais, desde que haja provas substancialmente novas".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos