Bolsas

Câmbio

Contas de luz devem manter bandeira vermelha até novembro, diz Aneel

O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino, disse nesta terça-feira (4) que a bandeira vermelha deve permanecer nas contas de luz até novembro. Na última sexta-feira (31), a agência acionou, para o mês abril, o primeiro patamar da bandeira vermelha que autorizou a cobrança adicional de R$ 3 a cada 100 quilowatts-hora (KWh) consumidos.


Rufino explicou que a bandeira vermelha está sendo acionada no fim do período chuvoso, praticamente acabando com a expectativa de recuperação significativa do nível dos reservatórios ao longo do período de estiagem, de abril a novembro.


"Muito provavelmente, no período seco, não haverá uma reversão da situação hidrológica até o início do próximo período úmido [em novembro]", afirmou Rufino a jornalistas, no intervalo da reunião da diretoria.


O diretor da Aneel ressaltou que, apesar da alta probabilidade de manter a cobrança adicional, ainda não é possível dar uma "sentença" com a total certeza de permanência da bandeira vermelha. Segundo ele, existe a possibilidade, ainda que pequena, de mudanças nas condições climáticas e no comportamento do consumo nos próximos meses. Isso reduziria a necessidade de acionamento das térmicas e poderia levar ao acionamento da bandeira amarela.


"Não acho provável que a gente deixe de ter o primeiro patamar da bandeira vermelha nesses meses", reforçou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos