Bolsas

Câmbio

Juros futuros operam em alta de olho em discussões sobre Previdência

Os juros futuros operam em alta nesta quinta-feira, mas já com alguma distância das máximas. O mercado avalia hoje os debates em torno da reforma da Previdência, o que afeta principalmente vencimentos com prazos mais longos. Na ponta mais curta, há efeito do resultado do IGP-DI, na véspera da divulgação do IPCA de março.


Às 10h08, o DI janeiro 2021 marcava 9,890%, de 9,850% no ajuste anterior, tendo subido até 9,950% mais cedo. O DI janeiro de 2023 estava em 10,120%, ante 10,070%, e o DI janeiro de 2025 exibia 10,200%, ante 10,160%.


Um dia antes da divulgação do IPCA de março, os investidores receberam o resultado do IGP-DI, de queda de 0,38% no terceiro mês de 2017 após subir 0,06% em fevereiro. Com isso, teve a menor taxa para meses de março desde 2009. Há algum alívio, assim, para os vencimentos mais curtos dos juros futuros.


O DI julho de 2017 recuava a 10,890%, ante 10,899% no ajuste anterior. Já o DI janeiro 2018 marcava 9,785%, ante 9,765%, e o DI janeiro de 2019 exibia 9,490%, ante 9,440%.


No câmbio, o dólar comercial subia 0,09% às 10h10, a R$ 3,1159, e o contrato futuro para maio perdia 0,33%, a R$ 3,1270.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos