Bolsas

Câmbio

Bolsa se firma em alta com menor aversão ao risco e apostas sobre juro

O Ibovespa firmou-se em território positivo no fim da manhã desta sexta-feira com a diminuição da tensão geopolítica e o otimismo a respeito da trajetória de queda de juros no Brasil.


Às 11h51, o principal índice da bolsa de valores brasileira subia 0,78%, para 64.721 pontos, perto do nível máximo do dia até o momento. Entre os maiores ganhos no índice, destacavam-se a Petrobras, cuja ação preferencial subia 2%, para R$ 14,82, acompanhando a elevação do petróleo, os bancos e as construtoras.


O Itaú liderava os ganhos das instituições financeiras, avançando 1,25%, para R$ 38,18, enquanto a Direcional tinha o melhor desempenho do segmento de construção civil, com alta de 2,01%, a R$ 5,57.


Os contratos de DI de janeiro de 2018 caíam para 9,765%, ante 9,800% do fechamento de ontem, após o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgar que a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) caiu para 0,25% em março, menor taxa para o mês desde 2012, e os Estados Unidos criarem, em março, menos vagas de emprego do que o esperado, reduzindo a pressão para que o banco central americano endureça mais sua política monetária.


A Vale, que desabou no início do pregão por conta da queda de 6,76% do minério de ferro, diminuiu um pouco a baixa quando a desvalorização do papel atingiu um ponto considerado exagerados pelos analistas.


Os investidores estão mais inclinados a comprar ações com a diminuição da aversão ao risco globalmente nas últimas horas, depois que líderes de todo o mundo apoiaram o bombardeio dos EUA a uma base militar na Síria, em retaliação a um ataque de Bashar al-Assad a civis, usando armas químicas, na terça-feira.


Além disso, existe a visão de que o bombardeio desta madrugada pode ter sido um episódio pontual, com efeitos limitados, portanto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos