Bolsas

Câmbio

Ibovespa fecha sexta com alta de 0,58%, mas cai na semana

Em uma semana marcada pela apreensão dos investidores com a aprovação da reforma da Previdência Social, o Ibovespa fechou com alta de 0,58% aos 64.593 pontos. O giro financeiro ficou em R$ 5,6 bilhões. Na semana e no mês, a bolsa de valores acumula queda de 0,60%, mas no ano, a bolsa ainda tem alta de 7,25%.


Pela manhã, o Ibovespa chegou a reagir de maneira negativa ao bombardeio pelos Estados Unidos de um alvo militar na Síria. Mas, ao longo do dia, quando outros países manifestaram apoio à decisão do presidente americano, Donald Trump, de retaliar o governo de Bashar al-Assad devido ao uso de armas químicas contra civis, o Ibovespa reagiu de maneira positiva.


Com preços mais baixos, as ações ficaram atrativas e o índice passou a subir. Uma reflexo desse aumento do movimento de compras é o fluxo de investimentos estrangeiros na bolsa de valores. Depois de uma saída de recursos em março, neste mês, os investidores estrangeiros já deixaram R$ 1,041 bilhão no mercado de ações.


Entre as ações mais negociadas, os destaques de alta ficaram com os papéis ordinários da JBS, que subiram 4,21%. Esses papéis tiveram desvalorização de 13% somente em março e agora passam por uma correção de preços.


As ações PNA da Vale subiram 0,99% e os papéis ordinários tiveram alta de 0,83%. As ações chegaram a cair no começo do dia, com a baixa no preço do minério de ferro, que recuou 6,76%, para US$ 75 a tonelada, no porto de Qingdao, na China.


As ações da Petrobras fecharam em alta. Os papéis preferenciais subiram 1,17% e as ações ordinárias tiveram alta de 0,59%. O preço do petróleo no mercado internacional fechou perto da máxima de um mês com o ataque americano à Síria, gerando receios entre os investidores sobre uma possível disseminação dos riscos entre os países produtores na região. Os contratos de petróleo WTI para maio fecharam com alta de 0,77% a US$ 52,10 o barril.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos