Bolsas

Câmbio

Ibovespa recua; Vale e Petrobras sentem queda de commodities

O Ibovespa chegou a diminuir parte da queda em que operava nesta tarde, mas às 16h01, o índice caía 0,62% aos 63.938 pontos. O giro financeiro era de R$ 4,2 bilhões e projetava R$ 4,9 bilhões para o final do dia.


Entre as ações mais negociadas, os papéis da Vale e da Petrobras operavam com queda, seguindo o recuo do preço das commodities no mercado internacional. As ações PNA da Vale recuavam 3,63% e os papéis ordinários tinham queda de 3,06%. As ações preferenciais da Petrobras caíam 1,68% e os papéis ordinários recuavam 1,37%. Como as duas ações têm peso importante na composição do Ibovespa, os movimentos interferem no desempenho do índice.


Os destaques de alta eram as ações da Qualicorp, que subiam 4,86%, e os papéis do Santander, que tinham alta de 3,37%. De acordo com operadores, o banco Credit Suisse elevou a recomendação das duas empresas. Também subiam as ações da Suzano Papel e Celulose, com alta de 2,41% e da Fibria, com valorização de 1,60%. A Fibria anunciou um aumento de US$ 20 a US$ 40 a tonelada a partir de 1º de maio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos