Bolsas

Câmbio

Bovespa tem dia de cautela e sobe pouco com Vale e Petrobras

A apreensão com a reforma da Previdência Social e a véspera do feriado aumentaram a cautela entre os investidores. O Ibovespa fechou com alta de 0,56% aos 63.761 pontos, puxado pelas ações da Vale e da Petrobras. Na semana, o Ibovespa subiu 1,49%, mas no mês, o índice acumula queda de 1,88%.


As ações da Vale tiveram alta de 5,17% e as ações PNA ganharam 5,87%. As ações da Bradespar, acionista da Vale, subiram 5,44%. O desempenho positivo foi intensificado pela alta do preço do minério de ferro em Qingdao, na China, que subiu 1,2% para US$ 65,36 a tonelada. As demais ações do setor de siderurgia também fecharam com alta. As ações ordinárias da Petrobras fecharam com ganho de 1,57% e os papéis preferenciais tiveram valorização de 2,06%.


A Vale informou hoje que sua produção do minério de ferro ficou em 86,2 milhões de toneladas no primeiro trimestre, alta de 11,2% na comparação anual. Segundo a companhia, o resultado é recorde para o período. A empresa manteve a projeção de produção da commodity para 2017 entre 360 milhões e 380 milhões de toneladas.


No fim tarde, a empresa concluiu a assembleia geral ordinária (AGO) em que foram eleitos os conselheiros fiscais Raphael Manhães Martins e Roberto Jeunemann, e os suplentes Bernardo Porto e Gaspar Carreira Junior, para o conselho fiscal. Não houve quórum para a eleição de representantes independentes dos acionistas minoritários para o conselho de administração da mineradora.


As ações do sistema financeiro tiveram comportamentos distintos. Os papéis preferenciais do Bradesco caíram 1,74%, os papéis ordinários do banco tiveram baixa de 1,12% e as ações do Itaú Unibanco recuaram 1,46%. De acordo com operadores, por serem mais líquidos esses papéis tiveram as maiores quedas no pregão de hoje.


Mas também circularam entre as mesas de operação rumores de que o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci poderia citar bancos em sua delação premiada. Outro receio é que as instituições financeiras poderiam ter em carteira debêntures da Odebrecht, o que poderia gerar prejuízo aos bancos. Na próxima semana, o Bradesco deve divulgar o resultado financeiro do primeiro trimestre.


As ações da área de saneamento fecharam em baixa. Os papéis da Sabesp tiveram queda de 5,58%. As companhias de água e esgoto temem que os Estados possam frustrar as expectativas de reajuste de tarifas após a Agência Reguladora de Serviços e Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais (Arsae) estabelecer um aumento de preços preliminar médio para os consumidores da Copasa de 4,06%, abaixo das estimativas dos analistas. As ações da Copasa caíram 20,92% e as preferenciais da Sanepar tiveram baixa de 3,71% e as ordinárias tiveram leve alta de 0,44%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos