Bolsas

Câmbio

Cautela predomina e Ibovespa deve encerrar abril com leve alta

Se encerrar o pregão no mesmo patamar em que é negociado às 16h, aos 65.267 pontos, alta de 0,91%, o Ibovespa vai ter subido apenas 0,46% no mês. Esse movimento mais restrito do índice é reflexo da cautela do investidor com a aprovação da reforma da Previdência Social e aos movimentos geopolíticos globais. No ano, o Ibovespa tem alta de 8,44%.


O giro financeiro médio diário de negócios do Ibovespa em abril está em R$ 6,2 bilhões, praticamente igual à média diária do ano, que é de R$ 6,09 bilhões. Mas a percepção dos operadores, pelo menos metade desse volume se refere a operações de curto prazo - operações de compra e venda no mesmo dia, de compra de carteira do Ibovespa e venda do índice futuro e de arbitragem entre as ações locais e as ADRs (recibos de ações).


Para Ari Santos, gerente de mesa Bovespa da H.Commor DTVM, o mês de maio pode ser mais positivo para o Ibovespa. "Teremos evoluções mais claras da Lava-Jato, da reforma da Previdência e do afrouxamento monetário", diz.


O Ibovespa também teve um desempenho pior do que seus pares emergentes em abril. O índice MSCI Brazil caiu 0,75% neste mês, até ontem, e teve a 12ª pior rentabilidade entre 40 países emergentes. O índice geral de mercados emergentes teve alta de 1,92% no mês. O pior desempenho ficou com o MSCI Peru, que caiu 5,45% no período. O índice com maior rentabilidade foi o MSCI da Polônia com alta de 11,71%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos