Bolsas

Câmbio

Cielo tem lucro ajustado de R$ 1,069 bi no 1º trimestre, alta de 0,6%

A credenciadora de cartões Cielo fechou o primeiro trimestre deste ano com um lucro líquido de R$ 1,069 bilhão, com alta de 0,6% na comparação com igual período do ano passado.


O leve aumento do resultado se deu a despeito da queda de 8,1% na receita operacional líquida, que ficou em R$ 2,801 bilhões nos primeiros três meses deste ano.


De acordo com a companhia, a queda no faturamento se deveu à redução do preço médio dos serviços prestados e ao ambiente competitivo, entre outros fatores.


O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ficou em R$ 1,322 bilhão, valor 6,1% menor do que no primeiro trimestre de 2016.


O volume financeiro de transações foi de R$ 142,320 bilhões de janeiro a março, cifra 4,3% superior àquela registrada em igual período do ano passado. Esses números excluem o volume financeiro do produto de agronegócios.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos