Lucro da rede de hotéis Hilton desaba no 1º trimestre

A rede hoteleira Hilton registrou no primeiro trimestre deste ano lucro líquido atribuído aos controladores de US$ 74 milhões, queda de 76% ante o ganho de US$ 309 milhões um ano antes.


Na mesma base de comparação, a receita aumentou 25,2% para US$ 2,161 bilhões, enquanto as despesas subiram 21% a US$ 1,884 bilhão. O faturamento foi alimentado pelo incremento de quartos e pela maior receita média por apartamento, que subiu 3%.


O crescimento das despesas financeiras ? de US$ 90 milhões para US$ 104 milhões ? e custos para antecipação de pagamento de dívida, que somaram US$ 60 milhões, afetaram a última linha do balanço.


Mas o lucro operacional da companhia aumentou de US$ 70 milhões para US$ 110 milhões.


O Hilton, que administra 812 mil quartos em 5 mil hotéis e resorts em 103 países, aumentou a quantidade de unidades em 7,8 mil apartamentos no primeiro trimestre deste ano e assinou acordos para começar a desenvolver mais 27 mil quartos.


O grupo projeta fechar 2017 com lucro líquido entre US$ 529 milhões e US$ 554 milhões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos