Bolsas

Câmbio

CNI: Faturamento real da indústria sobe em março, mas cai no trimestre

Dados divulgados nesta quarta-feira (3) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostram que em março, ante fevereiro, indicadores como faturamento e renda melhoraram no setor, mas os números do primeiro trimestre seguiram bem ruins.


De acordo com a pesquisa "Indicadores Industriais", o faturamento real da indústria aumentou 2,4% em março frente a fevereiro, na série livre de efeitos sazonais. Na comparação com março do ano passado, contudo, houve queda de 2,5%. Quando se compara os primeiros trimestres de 2017 e 2016, o faturamento recua 6,7%.


Em março, o emprego na indústria recuou 0,2%, na comparação com fevereiro, na série dessazonalizada. Esse foi o terceiro mês de queda consecutiva do indicador. Ante março do ano passado houve queda de 4,1%. No primeiro trimestre, o emprego acumula recuo de 4,4%.


Segundo a CNI, as horas trabalhadas na produção, que caíram 0,7% em março na série livre de efeitos sazonais, também caíram pelo terceiro mês seguido e acumularam queda de 3,3% no acumulado do primeiro trimestre. Ante março do ano passado, o recuo também é de 3,3%.


A massa salarial e o rendimento cresceram em março pela primeira vez em cinco meses. Enquanto a massa salarial aumentou 0,4% em março frente a fevereiro, o rendimento teve alta de 1,2% no período, na série dessazonalizada. Ante março do ano passado, o rendimento ficou estável e a massa caiu 4,2%. No trimestre, a massa cai 5,6% e o rendimento médio real cai 1,2%.


Ociosidade


A sondagem industrial mostrou que o setor esteve um pouco menos ocioso em março. A utilização da capacidade instalada subiu para 77,1%, ante 76,7% em fevereiro, dado ajustado sazonalmente. Em março do ano passado, contudo, o percentual era maior, de 77,7%.


Em nota, o economista da CNI Marcelo Azevedo avaliou que "os indicadores industriais continuam oscilando sem mostrar tendência clara". "No entanto, o cenário segue negativo, pois os índices estão estabilizados em patamar bem abaixo dos registrados no ano passado", destacou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos