Bolsas

Câmbio

Demanda na aviação doméstica avança em março após 19 meses de queda

A demanda doméstica, em passageiros-quilômetros pagos transportados, subiu 5,4% em março, em relação a igual mês de 2016. A alta foi a primeira depois de 19 meses de queda, segundo dados divulgados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).


A oferta avançou 3,5% em março, após 18 meses de baixa. Um total de 7,4 milhões de passageiros pagos foram transportados em voos domésticos em março deste ano, correspondente a aumento de 3,6% em relação a igual período de 2016.


Gol e Latam permaneceram na liderança no mercado doméstico, com participações de mercado de 35% e 33%, respectivamente. A Azul teve participação de 18,7% no mês, e a Avianca, 12,7%. A fatia total das empresas concorrentes das duas líderes alcançou 32%, alta de 4,7%.


A taxa de aproveitamento das aeronaves foi de 79% em março, o que representou alta de 1,9% frente a um ano antes.


Em março foram transportadas 35,5 mil toneladas de carga paga e correio, o que representou aumento de 1,3% em relação ao mesmo mês do ano anterior.


Mercado internacional


A demanda internacional das empresas brasileiras cresceu 17,8% em março, enquanto a oferta subiu 9,3%. A quantidade de passageiros transportados atingiu 675 mil.


A taxa de aproveitamento das aeronaves das empresas brasileiras no mercado internacional no mês foi de 84%, o que representou um aumento de 7,8% em relação a março de 2016.


Os quatro indicadores mencionados alcançaram nível recorde para o mês de março na série histórica iniciada em 2000.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos