Bolsas

Câmbio

Lucro líquido da AES Tietê cresce 69% no 1º trimestre, para R$ 126 mi

A AES Tietê Energia, geradora do grupo AES Brasil, apurou lucro líquido atribuível aos controladores de R$ 126 milhões no primeiro trimestre de 2017, valor 69,2% acima do lucro de R$ 74,5 milhões em igual período de 2016. As informações foram publicadas no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na noite desta sexta-feira.


A receita líquida da companhia - que tem um parque gerador composto por nove usinas hidrelétricas e três PCHs - totalizou R$ 403,2 milhões no período janeiro-março deste ano, crescimento de 5,2% sobre os R$ 383,2 milhões de igual período do ano passado. Segundo comunicado da empresa, "esse desempenho reflete, principalmente, o aumento da receita proveniente da venda de energia no mercado spot e através de contratos bilaterais".


Os custos e despesas operacionais, excluindo depreciação, totalizaram R$ 144,2 milhões no primeiro trimestre de 2017, 29,4% inferiores aos R$ 204,1 milhões registrados no primeiro trimestre de 2016. "O resultado é explicado principalmente pelo menor custo com compra de energia", informa a empresa.


O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, em inglês) ficou em R$ 259 milhões nos três primeiros meses deste ano, com margem Ebitda de 64,2%. No primeiro trimestre de 2016, o Ebitda somou R$ 179,1 milhões, o que significa que neste primeiro trimestre o Ebitda evoluiu 44,5% sobre o mesmo período de 2016. A margem Ebitda avançou 17,5 pontos percentuais entre os dois períodos, uma vez que ficou em 46,7% no trimestre inicial de 2016.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos