Ibovespa opera perto da estabilidade; BB Seguridade e Fibria avançam

Com a ajuda de BB Seguridade, que agradou analistas com o seu balanço, e Fibria, cujo desempenho é favorecido pela alta do dólar, o mercado de ações brasileiro opera perto da estabilidade.


O Ibovespa, principal índice de ações da bolsa local, subia 0,01% ao meio-dia, para 65.720 pontos.


BB Seguridade subia 2,26%, depois de informar que o seu lucro líquido cresceu 3,67% no primeiro trimestre do ano ante o mesmo período de 2016, para R$ 992,803 milhões. Fibria, que obtém mais de 90% das suas receitas de exportações, tinha alta de 0,90%.


Vale e Bradespar, que tem entre seus principais investimentos uma participação na mineradora, se destacam no grupo das ações em queda depois da divulgação de indicadores econômicos mostrando que o apetite chinês no comércio exterior está crescendo menos do que o esperado. O país asiático, principal destino do minério de ferro produzido pela Vale, anunciou hoje que as suas importações subiram apenas 11,9% em abril, quando os analistas esperavam uma alta de 18%, e as suas exportações avançaram 8% no mesmo mês, menos do que os 10% projetado. Em consequência, o preço do minério de ferro recuou 2,6% na China hoje, para US$ 60,15 por tonelada.


Vale PNA cedia 1,08% e Vale ON declinava 0,77%. Bradespar perdia 1,28%.


Banco do Brasil recuava 1,33%, com o anúncio do Tesouro Nacional de que pretende vender a participação de 3,67% do fundo soberano na instituição ao longo dos próximos 24 meses.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos