Desembolsos do BNDES caem 15% de janeiro a abril

Os desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) caíram 15% no primeiro quadrimestre deste ano, em comparação com igual período no ano passado, para R$ 21,4 bilhões. Em abril, as liberações de crédito do banco foram de R$ 6,3 bilhões, 11% inferiores às de abril do ano passado. Para o banco, o desempenho ainda reflete o atual quadro recessivo do país.


Entretanto, a instituição destacou que há redução no ritmo de queda dos desembolsos do BNDES. Na primeira metade de 2016, as liberações caíram 42% ante o mesmo período do ano anterior. O segundo semestre mostrou retração mais amena, de 28%, em relação ao mesmo período de 2015. Agora, a queda de 15% nos quatro primeiros meses de 2017 mantém a tendência, assinalou o banco.


A maior parte dos desembolsos do primeiro quadrimestre foi para a infraestrutura, que respondeu por quase 37% do total com R$ 7,9 bilhões liberados, seguido por comércio e serviços, com 22,2% (R$ 4,746 bilhões); indústria com 20,9% (R$4,475 bilhões); e agropecuária, com 20,1% (R$ 4,288 bilhões).


As consultas, primeiro passo para pedido de financiamento e espécie de medidor do interesse do empresariado para investimento mostraram recuo de 27% no primeiro quadrimestre do ano ante igual período no ano passado, para R$ 27,477 bilhões. Os enquadramentos por sua vez caíram 22% no período, para R$ 24,640 bilhões. Já as aprovações ficaram estáveis no período, em R$ 18,191 bilhões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos