Bolsas

Câmbio

Cyrela vai indenizar moradores de edifício que desabou em Vitória

A construtora e incorporadora Cyrela vai investir R$ 130 milhões para reconstruir a área externa de lazer e reforçar as estruturas do condomínio Grand Parc Residencial Resort, em Vitória (ES), para entregar o empreendimento "em plenas condições de habitabilidade e segurança".


Os recursos também serão usados para indenizar moradores, informou a empresa, em comunicado.


Em julho do ano passado, toda a área de lazer do condomínio desabou, matando um porteiro e deixando quatro pessoas feridas. A Cyrela é sócia da Vix One Empreendimentos Imobiliários, incorporadora responsável pelo Grand Parc. A construtora do empreendimento foi a Incortel Incorporações e Construções.


No aviso ao mercado desta segunda-feira (22), a Cyrela afirma que, "no intuito de preservar o interesse e os direitos" dos condôminos, firmou com eles acordos para reconstrução da área danificada, além de pagamento de indenizações individuais pelo ocorrido. Os gastos estimados em aproximadamente R$ 130 milhões serão desembolsados ao longo dos próximos dois anos.


"Ainda que a companhia não tenha sido a construtora responsável pela execução do empreendimento e não tenha coordenado a direção dos serviços que causaram os danos, a decisão de firmar os referidos acordos foi tomada com o objetivo de preservar os compromissos assumidos com os clientes do empreendimento e minimizar quaisquer impactos a tais pessoas e suas famílias", diz a Cyrela.


Ainda no comunicado, a construtora afirma que continua aplicando "seus melhores esforços" para apurar as causas do acidente e identificar e responsabilizar os envolvidos. Nesse contexto, afirma que não há qualquer responsabilidade direta de sua parte por eventuais falhas na execução do empreendimento, já que não construiu o condomínio e não contratou o projetista.


Finalmente, a Cyrela afirma que "se solidariza com os clientes e familiares" do condomínio e que, depois das investigações, "irá tomar as medidas cabíveis e judiciais" para responsabilizar os causadores do acidente, "a fim de ser ressarcida dos dispêndios efetuados."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos