Bolsas

Câmbio

Aécio envia 27 perguntas sobre perícia à Polícia Federal

A defesa do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) enviou à Polícia Federal (PF) 27 perguntas que busca ver respondidas pela perícia nas gravações do delator Joesley Batista, da JBS. O documento foi encaminhado nesta quinta-feira, 25, ao Instituto Nacional de Criminalística, órgão especializado da PF.


Os questionamentos estão divididos em três temas: são seis perguntas sobre as mídias recebidas pela Procuradoria-Geral da República (PGR), cinco sobre os equipamentos utilizados nas gravações e 16 sobre os áudios em si.


Aécio foi gravado pedindo R$ 2 milhões a Joesley sob a justificativa de que precisava pagar sua defesa na Operação Lava-Jato. O áudio foi uma das evidências que embasaram abertura de inquérito contra o tucano, que responde pelos crimes de corrupção passiva, organização criminosa e obstrução da justiça - o presidente Michel Temer e o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) são investigados no mesmo processo.


Veja alguns dos quesitos enviados pelo senador à PF:


- Detalhar a cadeia de custódia completa das mídias desde sua utilização inicial até seu recebimento pela PF.


- Descrever tosos os dados existentes nessas mídias, abrangendo tanto arquivos ativos quanto dados remanescentes de arquivos excluídos e outros de interesse pericial.


- Detalhar as diferenças existentes entre o conteúdo dessas mídias com relação àquelas contidas nos equipamentos utilizados nas gravações.


- Realizar cópia forense (bit-a-bit) de todo o conteúdo e fornecer cópia dessas imagens forenses para a defesa.


- Realizar transcrição completa do conteúdo de todas as falas e registrar todas as ocorrências onde pode haver incompreensão de palavras, inteligibilidade duvidosa múltiplas hipóteses do que foi dito, alternâncias auditivas que possibilitam mais de uma transcrição ou sobreposição ou simultaneidade de falas.


- Identificar e detalhar os falantes ao longo de toda a transcrição, utilizando análise subjetiva (perceptiva) e objetiva (espectograma) e esclarecer se é possível atestar que se mantêm exatamente os mesmos falantes ao longo de toda a gravação.


- Identificar todas as ocorrências em que há ruídos de grande intensidade, descrevendo-os e apurando suas causas, inclusive se foram captados durante a gravação original ou se foram inseridos posteriormente.


- Atestar se existem ou não supressões, quebras ou mudanças na linearidade dos discursos decorrentes da operação proposital do equipamento (liga/desliga/suspende) ou manipulação da gravação resultante.


- Considerar na análise todos os possíveis marcadores externos de tempo, incluindo as programações de rádio audíveis no início e no fim das gravações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos