Bolsas

Câmbio

Aneel: Bandeira tarifária de junho será verde, sem custo adicional

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira que a bandeira tarifária para junho será verde, sem custo adicional para os consumidores de energia. De acordo com a autarquia, os fatores que contribuíram para o retorno da bandeira verde, foram a maior afluência das vazões que chegaram aos reservatórios das hidrelétricas em maio e a perspectiva de redução do consumo de energia elétrica.


É a primeira vez que a bandeira tarifária fica na cor verde desde fevereiro. Em março, a bandeira foi amarela. E, nos dois últimos meses, a bandeira foi vermelha, no primeiro patamar.


Conforme antecipado pelo Valor, nesta sexta-feira, a bandeira tarifária deixaria a cor vermelha em junho, podendo ser verde, devido ao aumento da ocorrência de chuvas no fim de maio, que influenciou as projeções de chuvas para a primeira semana de junho, fazendo o custo da energia cair abaixo de R$ 211 por megawatt-hora (MWh), patamar da bandeira amarela.


"Segundo o relatório do Programa Mensal de Operação (PMO) do Operador Nacional do Sistema (ONS), o valor da usina térmica mais cara é de R$ 155,85/MWh, o que indica bandeira verde", afirmou a Aneel.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos