Bolsas

Câmbio

Dólar abre em queda, com foco na decisão do Copom

O dólar comercial era negociado em baixa no início das operações desta quarta-feira. Às 9h15, a moeda americana estava a R$ 3,2539, recuo de 0,24%.


Os mercados de renda fixa e câmbio chegam na última sessão de maio sob as incertezas do ambiente político. O clima entre os agentes financeiros é menos alarmista nesta quarta-feira que no estouro da crise em Brasília, quando foram divulgadas as delações de executivos da JBS. No entanto, persiste a cautela sobre possíveis cenários para o governo e, principalmente, para a tramitação da agenda de reformas.


É justamente sobre este prisma que será analisado a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) no fim desta tarde. As leituras para política monetária foram dificultadas pelo impasse em Brasília, ainda que a expectativa seja de continuidade do afrouxamento monetário. Como aponta matéria do Valor de hoje, os investidores observarão de perto o comunicado do Copom em busca de sinais sobre como a crise política afeta a trajetória da Selic, em termos de extensão e ritmo do ciclo, por exemplo.


Em relação a decisão em si, a aposta majoritária é de corte de 1 ponto percentual da Selic, a 10,25% ao ano, mas há quem espere uma desaceleração do ritmo de flexibilização, com redução de 0,75 ponto da taxa. A aposta de cortes mais agressivos, entretanto, é mínima.


Para o câmbio, é possível que as cotações tenham alguma instabilidade no período da manhã quando é definida a última taxa Ptax do mês, que serve de referência para liquidação de derivativos. Nos últimos dias, contudo, o dólar tem permanecido numa banda de R$ 3,25 e R$ 3,30 enquanto não se observa uma direção mais clara no ambiente doméstico.


Vale destacar que o câmbio doméstico, no acumulado do mês, tem um dos piores desempenhos numa lista de 33 divisas globais. A desvalorização do real chega a mais de 2,50%, enquanto outro emergentes como peso mexicano, rand sul-africano e lira turca ganharam terreno no período.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos