Bolsas

Câmbio

OGPar e OGX querem encerrar processo de recuperação judicial

A Óleo e Gás Participações (OGPar) e a OGX informaram nesta sexta-feira (2), em comunicado, que as duas companhias, em conjunto com a OGX Austria GmbH e a OGX International GmbH, ingressaram com pedido de encerramento do processo de recuperação judicial na 4ª Vara Empresarial da Comarca do Rio de Janeiro.


Segundo as empresas, o entendimento é de que foram cumpridas todas as obrigações previstas nos planos até dois anos após a concessão da recuperação judicial.


As empresas, que faziam parte do Grupo EBX, do empresário Eike Batista, entraram com pedido de recuperação em outubro de 2013, tendo seus planos aprovados pelos credores em 3 de junho de 2014, que representavam mais de 90% dos créditos listados.


Em outubro de 2014, a OGX realizou aumento de capital que converteu créditos concursais e extraconcursais em ações. Na ocasião, a OGPar, que ainda tem Eike como acionista majoritário, deixou de ser a controladora direta da companhia e detém atualmente fatia de 25,9%.


"As companhias entendem que não existem pendências e obstáculos legais ou processuais que possam impedir o encerramento da recuperação judicial e, adicionalmente, informam que há recursos pendentes de julgamento, desprovidos, no entanto, de efeito suspensivo, e que, portanto, não obstaram o pleno desenvolvimento da recuperação judicial das Recuperandas", informam as empresas nos documentos.


O encerramento do processo de recuperação judicial depende de apreciação e decretação pela 4ª Vara Empresarial.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos